CURIOSIDADES

 Acompanhe o nosso blog e fique atento às novidades...

Lifestyle

23-06-2020

Dormir para viver melhor

Tal como qualquer animal, nós o ser humano, necessita de ter uma boa rotina de sono para que todas as suas funções sejam executadas de forma plena. Apesar de nas diferentes etapas de vida, necessitarmos de quantidades diferentes de sono, este revela-se fundamental em todas elas. Frequentemente e por diferentes motivos, a nossa qualidade de sono fica comprometida. Neste sentido, é normal sentirmos cansaço, falta de concentração, uma maior irritabilidade, oscilações de humor ou até dores físicas. É também compreensível, que em fases de maior stress ou em acontecimentos de vida negativos, o nosso sono fique afetado. Contudo, podem haver outros hábitos mais rotineiros que afetem a nossa capacidade de descanso e a qualidade do tempo que passamos a dormir. De facto, a insónia acaba por ser um problema relativamente frequente e que pode comprometer o nosso dia a dia. De forma a resolver esta questão, é muito importante manter uma rotina de sono coerente e consistente.

 

Se numa era onde somos “invadidos” por tecnologia e onde esta parece ser a solução para muitos dos problemas do mundo atual, para questões do relacionadas com o sono estas poderão ser um problema adicional. Hoje temos acesso a um sem número de conteúdos online altamente estimulador. Um dos aspetos a ter em conta, quando se procura ter uma rotina de sono saudável passa por reduzir a estimulação que nos sujeitamos, cerca de uma hora antes de dormir. Existem videojogos e/ou aplicações que podem ser altamente viciantes e que várias vezes estimulam a nossa atenção e concentração. Neste sentido, poderá ser importante não nos expormos a este tipo de estímulos se o nosso objetivo for ter uma noite de sono reparadora. Como forma de substituir, podemos optar por uma leitura tradicional. Regule o tempo a que se expõe a este tipo de atividades e subsitua por outras menos estimulantes cerca de uma hora antes de adormecer. Desta forma, poderá contornar dificuldades sentidas quer ao adormecer quer na qualidade de sono obtida.

 

Existem muitos outros motivos que podem comprometer a sua qualidade de sono. Existem motivos que poderão requerer soluções de um grau de complexidade superior. No entanto, a mudança de pequenos hábitos e rotinas pode ser a chave e a mudança para atingir a qualidade de sono que pretende para si. Lembre-se que, muitas das dificuldades que enfrenta no seu dia a dia podem começar em rotinas de sono disfuncionais. Desta forma, pequenas mudanças nos seus hábitos e padrões poderão refletir-se em enormes ganhos e mais valias, no que à sua qualidade de vida diz respeito, quer a nível pessoal quer a nível profissional.

 

Dr. José Garrett - Psicólogo & Coach em saúde e bem-estar

Lifestyle

18-06-2020

De volta à “realidade”

Durante o período de quarenta, muitos de nós viveu com uma realidade diferente e com um desafio em particular: o excesso de tempo. A redução total, ou parcial, do número de horas trabalhadas por dia, a restrição em sair de casa o que nos privou de grande parte das atividades corriqueiras do dia-a-dia, as filas de trânsito que nos absorviam horas de vida, entre outros. No mesmo momento vimo-nos então cingidos a casa com um excesso de tempo que as rotinas do século XXI não preveem. Foi aqui que percebemos a importância das rotinas. Tivemos de ser criativos e preencher parcelas de tempo com outros interesses, que até então estavam desaparecidos. Foi então que nos apercebemos o quão importante é termos tempo para nós próprios.

 

Estamos sempre tão ocupados que muitas vezes parece que o dia tem poucas horas. Cuidamos de tanta gente que nos esquecemos de cuidar de nós. Num tempo tão difícil, como aquele que passamos, uma das coisas positivas que podemos retirar é precisamente o tempo que pudemos tirar para nós próprios. Neste momento, regressamos paulatinamente à nossa normalidade, começamos por ter o tempo cada vez mais preenchido, horários sobrecarregados e corremos o risco de diluirmos na rotina, o que de bom nos deu o confinamento. Por este motivo, devemos estar alertas e procurar manter alguns dos novos hábitos que desenvolvemos durante este período.

 

Para uma gestão do tempo mais eficiente e eficaz, é importante fazermos um planeamento rigoroso do nosso tempo. Definir uma rotina para a semana que contemple todas as nossas obrigações, mas que tenha com alguma frequência, momentos para si. Momentos de lazer, relaxamento ou introspeção. Momentos que nos permitam cuidar de nós, para que depois consigamos apresentar a nossa melhor versão em todas as frentes. Apesar da importância da estrutura, lembre-se sempre de dar algum tempo de “folga” entre atividades. É importante manter alguma flexibilidade para não aumentar a pressão sentida, com imprevistos que possam surgir.

 

Tão importante como tirarmos tempo para planear o nosso tempo, também é importante que retiremos tempo para avaliarmos aquilo que foi a nossa capacidade de resposta. Desta forma podermos entender melhor o que não correu tão bem e porquê. Permitindo que nos adaptemos e ajustemos a nossa rotina continuadamente. Lembre-se que você é o mais importante da sua vida. E que cuidar de si, é tão importante como cuidar dos outros que o rodeiam.

 

Dr. José Garrett - Psicólogo & Coach em saúde e bem-estar

Podcast

15-06-2020

À conversa com o nosso Coach Dr. José Garrett: 2ª Temporada

Estamos de volta!

Após tanto tempo de ausência voltamos para o início da segunda temporada do nosso podcast: À conversa com o nosso Coach!

 

O tema de hoje é: O Regresso.

 

Vivemos tempos estranhos, tempos que nenhum de nós esperava. Este tem sido um ano atípico, mas felizmente temos todos podido viver um pouco mais de normalidade nos tempos recentes.

  • Qual a importância deste “regresso” para o nosso bem-estar?
  • Durante o confinamento, ouvimos muitas vezes a hipótese de reinvenção pessoal. De que forma podemos continuar este processo, regressando à rotina?
  • Relativamente à tensão familiar, foi um tema abordado. De facto tanto tempo em casa poderá ter levado a um aumento de tensão em alguns casos. Com crianças pequenas esta tendência pode agravar-se?

 

Conheça a resposta a estas e muitas outras questões no nosso episódio de hoje:

 

https://anchor.fm/beauty-box/episodes/Dr--Jos-Garrett-com-o-tema-O-Regresso-efeo1t